segunda-feira, outubro 24, 2005

Desiguais

O Mito e a história

Ana carrega sobre si o martírio
De ver seu povo sofrer.
E sofre ela com o povo!

Ana caminha de novo
Nos caminhos que o povo não vê.
E o povo caminha com Ana!

O povo fala sobre uma Ana
Que Ana não consegue ver.
E Ana fala sobre o povo!

Ana agora vê o mundo
De um modo que o povo não vê.
E o povo já não vê Ana!

Ana morreu pelo povo
Que sabe o que pode ver.
E o povo vê Ana morrer!

Ana não mais existe
Para um povo que agora vê.
E o povo faz Ana viver!

------------
Artista das estatísticas

Doce criança!
Vem dançar
Coma as armadilhas do poder.
Entrega tua força
Por um punhado de
dignidade.
Alcança, na ponta dos pés,
O beiral da janela
Vê tua luz brilhar
Na face de outra criança.
Pobre criança!
Do frio que te cerca
Pelas calçadas,
Só tens direito a
Uma metade.
A outra é para teu irmão
Que ainda não chegou.
Triste irmão!
No peito que acaricia
Não há sequer contorno.
E o vento que lhe cala o choro
Só resta como alimento.
Minha criança!
Não tenho ainda o teu consolo
Mas, muitos o tem...
Conhecem tua história
De longos anos..
És artista sem saber!
E se quiseres saber
Teu nome
Ah! Doce criança!
Terás que ser alguém.

----------

Teu rosto, mulher
Contorna as armadilhas do tempo
Com o olhar.
Mergulha
Sem saber pra onde
E por quanto tempo
Como gota de eternidade
Na imensidão do mar.
O tempo não refez sentimentos
Iludiu
Com sombras de amor
Teu vulto insano.
Acreditastes.
Não mantivestes aquele olhar.
O tempo
Virou realidade em tua face
Fostes feliz em sonho
E não sabias.
Acordas
Olhos abertos
Não podem ver
E tu insistes
Miras a eternidade....
Acabas adormecendo.

---------------

Nascimento

A vida, por um instante,
Pareceu encher de alegria
O nascimento.
Mas a criança,
Sublime essência de amor,
Nasceu da opressão e da violência.
E o ato de parir
Tornou-se um minuto de silêncio.
Silêncio da alma!
A criança já não chorou,
Fez-se silêncio também.
E então, a energia vital
Acomodou-se no universo
À espera de amor.

- ás mulheres violentadas nos campos de concentração da Bósnia.

Um comentário:

Julia Elvarado disse...

News Flash: Blogs Can Be a Time Suck
News Flash: Blogs Can Be a Time Suck! Ad Age decides to freak out managers everywhere with an article that leads with "U.S. workers in 2005 will waste the equivalent of 551,000 years reading blogs." Oh, ...
Find out how to buy and sell anything, like things related to company construction mn road on interest free credit and pay back whenever you want! Exchange FREE ads on any topic, like company construction mn road!